Da fantasia a realidade



Certa vez fui buscá-la na academia. Ela estava usando uma calça legg bem colada, aquela que nós homens adoramos ver e notei que aqueles os caras da academia a devoravam com os olhos e inexplicavelmente, não senti ciúmes e, muito ao contrário, fiquei com o pau super duro. Naquela noite transamos como doidos. Eu imaginava um daqueles caras bombadões metendo na Vivian e era invadido por um tesão maluco e meti como nunca naquela bucetinha gostosa. Nossa! Mas o que foi que aconteceu com você? Ela perguntou quando já íamos para a terceira. -Que tesão doido é esse? Daquele dia em diante, eu passei a alimentar o desejo de ver minha mulher dando para outro homem. Pesquisei tudo sobre o assunto e li muitos relatos. Entrei em contato com vários homens, autores dos relatos e trocamos muitas ideias. Um dia, entrei no quarto e vi a Vivian dormindo só de calcinha e com as pernas entre abertas expondo aquele capozinho de fusca e decidi. Criei coragem e falei pra Vivian do meu desejo e perguntei se ela algum dia, toparia uma aventura dessas. ? Você ficou maluco? Você está querendo ser corno?? Eu não sou do tipo de garota que sai dando para qualquer um e..., blá, blá, blá? Ela ficou muito zangada e, por alguns dias não falou comigo. Deixei quieto por uns dois meses, até que, numa noite, enquanto estávamos nas preliminares, eu pedi para que ela fechasse os olhos e comecei a fantasiar no ouvidinho dela que era outro homem que estava ali com ela, percebi que sua bucetinha molhou na hora, pois eu estava com a mão sobre ela, ainda por cima da calcinha. Transamos como loucos. Tá vendo? Reparou como você tem vontade de dar pra outro na minha frente?? kkkk. Aahhh, tudo bem, reconheço que, como toda mulher, eu tenho sim tesão e certa curiosidade, mas daí a matar essa curiosidade de verdade é um passo muito grande e é uma coisa que, me parece, não ter volta... A gente nunca poderá apagar um acontecimento dessa natureza, concorda? A partir daquele dia senti uma pequena chance de meu desejo vir a se realizar e fiz de tudo, mandava e-mails com matérias sobre o assunto, mandava links de contos eróticos do gênero e ela passou a se interessar sobre o assunto. Certa noite, quando cheguei do trabalho, ela já me esperava no quarto e me atacou com um tesão tremendo. Depois de transarmos, ela me perguntou com sua vozinha bem safada, olhando-me diretamente nos olhos. Você tem certeza de que quer ver mesmo outro homem me comendo? Tenho! Isto me excita muito. Porque a pergunta? Você tá afim?! Digamos que eu andei pensando sobre o assunto e isso me despertou certa curiosidade e, talvez eu tope, mas tem uma condição. Não pode ser com ninguém do nosso relacionamento, para não criarmos vínculos e eu vou escolher o cara, certo? Concordei na hora e fiz uma ID num site de casais e ficamos conhecendo várias pessoas e vários caras que nos mandavam e-mails com fotos, mas a Vivian parecia não se interessar por nenhum deles, até que um dia ela demonstrou interesse por um deles e respondeu ao e-mail. Passamos a nos comunicar por MSN e depois por telefone. O nome dele era Fernando, tinha 49 anos, era separado, mulato, careca. Posso dizer que ele a conquistou com a conversa super agradável, até que um dia resolvemos nos encontrar, pra colocar em prática tudo que conversávamos por telefone. Marcamos então, numa quinta-feira num barzinho em Caxias, bem longe de onde morávamos, para evitar encontrar com conhecidos. Alex, querido, você tem certeza de que quer isso?? Se você quiser, a gente pode parar agora!! Fiquei gelado na hora e com um pouco de ciúmes, pois dali algumas horas, outro poderia estar metendo na bucetinha linda de minha esposa, mas o desejo de vê-la gozar no pau de outro macho foi mais forte. Sim! Eu tenho certeza! Ela, então tomou um banho e como estava uma noite quente, ela escolheu um vestido estampado até a altura dos joelhos, soltinho e folgado com um generoso decote tendo as alças amarradas no pescoço, que a deixava com as costas nuas. Vestiu também uma calcinha branca bem pequena, resumindo, estava uma delícia!! O Fernando vai ficar louco quando te vir com essa calcinha. Falei já mostrando como estava com o pau duro. Ela deu um sorriso sacana. Chegamos ao barzinho. Ele já nos esperava em uma mesa. Cumprimentamo-nos e sentamos. Pedimos cerveja e água. Fernando era um cara supersimpático, bem vestido e educado e conversamos bastante para nos conhecermos melhor. No início, estávamos meio tímidos, mas lá pela terceira cerveja, já conversávamos abertamente. Eu pedi licença e fui ao banheiro. Quando voltei vi de longe, que Vivian havia se sentado ao lado dele e que ele falava em seu ouvido e eles riam. Senti um ciúminho, mas o tesão que me dominava era mais forte. Voltei para a mesa e me sentei. Percebi que a Vivian estava excitadíssima, pois os biquinhos de seus seios pareciam que iam furar o vestido. Fernando pediu licença e foi ao banheiro. Você está gostando? (perguntei)? Estou adorando, eu quero muito dar pra ele. Disse ela sorrindo. Tá rolando uma química muito gostosa entre a gente. Te amo muito, Alex e nada do que acontecer hoje, irá mudar isto. Ela me beijou e saiu pro banheiro. O Fernando voltou e combinei com ele que iríamos para um motel assim que ela voltasse. A Vivian voltou, pagamos a conta e fomos para o meu carro. Eu disse para a minha esposa que fosse no banco de trás com o Fernando que eu iria de motorista. Nós rimos e eles entraram no banco de trás. Ajeitei o retrovisor para poder observá-los. Os dois iam coversando baixinho e o clima entre eles foi aumentando até que começaram a trocar carícias e se beijaram como dois namorados. Uma coisa estranha me invadiu. Era um misto de ciúme e de um tesão maluco, como eu nunca havia sentido, meu pau explodia dentro da calça. Ela o beijava acariciando seu rosto como uma namorada apaixonada, enquanto ele pousou sua mão no joelho dela que estava com as pernas cruzadas e foi escorregando para dentro do vestido por sobre a coxa lisinha de Vivian até chegar à bundinha e repetiu o movimento várias vezes. Não tinha mais volta! Ele ia meter na Vivian. Chegamos ao motel e já na garagem, entreguei as chaves do quarto ao Fernando e deixei que eles entrassem primeiro e fui acompanhando a cena. Pareciam dois namorados. Olharam em volta, curtiram bastante o quarto, com cama redonda, espelhos no teto e uma enorme banheira de hidro. Olharam-se nos olhos sorrindo satisfeitos e começaram a se beijar lenta e apaixonadamente e eu curtia a cena de longe, pois ali eu era apenas um observador. Seus beijos agora estalavam mais altos. As mãos de Fernando escorregaram pelas costas nuas de Vivian e pousaram sobre sua bunda. Aos poucos, foi levantando seu vestido parecendo curtir cada momento, até que Vivian ficou exposta, mostrando a minúscula tanguinha enfiada na sua bundinha. As mãos dele massageavam a bundinha de Vivian com desejo enquanto suas línguas se tocavam em beijos que não paravam, me deixando louco e com o pau duro como pedra. Eu nunca tinha sentido tanto tesão em minha vida. Enquanto o casal se descobria, fui até à hidro e a coloquei para encher. Quando voltei a dar atenção a eles, Fernando já tinha soltado o laço da alça do vestido. Seus seios ficaram expostos e Fernando os massageou com desejo e beliscou de leve os biquinhos durinhos de tesão, até que os abocanhou faminto. Peguei a câmera fotográfica e passei a registrar cada momento do casal. Enquanto a boca de Fernando se dividia entre os seios de minha mulher, suas mãos desceram até o zíper e vestido caiu. Minha esposa ficou só de calcinha e sandálias nos braços dele, que parecia curtir cada milímetro daquele corpinho delicioso. Nossa, como você é gostosa Vivian! Hoje sou toda sua, meu macho, faça tudo bem gostoso. Neste momento, ele fez com que ela se debruçasse sobre a mesa, afastou suas pernas, puxou a calcinha de lado e enfiou a língua em sua buceta. Ela me olhou sorrindo, e me mandou um beijo enquanto eu tirava minha roupa. Aaahhhiiííí? Que delícia! Ele tá enfiando a língua inteirinha na minha bucetinha, amor, isso tá bom demais. O cara sabia mesmo o que tava fazendo. A Vivian delirava e gemia cada vez mais alto e revirava os olhos até que quase gozou na cara dele. Ele se levantou e ela se virou para se beijarem novamente. Agora é a minha vez de curtir o teu corpo. Falou ela e já foi desabotoando a camisa dele bem lentamente até em baixo, depois desafivelou o cinto e abaixou a calça deixando só com a cueca, que parecia não conseguir conter aquele enorme caralho duro. Vivian ficou longo tempo acariciando e passando a língua naquele enorme volume até que puxou a peça para baixo liberando aquele pau duro que, pulou para fora acertando o rostinho dela. Noossaa, que delícia! Falou ela sorrindo. Grande e grosso, uns 20 centímetros mais ou menos, com uma cabeça enorme parecendo um cogumelo e todo rodeado de veias salientes. Chupa vai putinha, chupa que depois eu vou meter ele nessa sua bucetinha branquinha! Falou ele. Nossa amor, ele é tão grande e grosso, será que vai caber em mim? Disse ela olhando pra mim e dando uma mordidinha nos lábios. Minha mulher já o punhetava de leve e ia lambendo a cabeçona enquanto eu começava uma punheta bem devagar. Eu já não aguentava mais de tesão vendo a Vivian só de calcinha ajoelhada pagando um boquete no maior caralho de sua vida. O Fernando fez com que ela se levantasse e a beijou e então caminharam em direção à cama. Ele tirou suas sandálias sem pressa, depois foi tirando sua calcinha bem lentamente revelando a bucetinha depilada dela. O seu pauzão pulsava enquanto ele lentamente foi beijando desde a bucetinha, barriguinha, peitinhos e boca. Depois, ajeitou-se entre as pernas dela e foi pincelando aquela cabeçona na buceta melada de Vivian. Percebi que ele começou a forçar a entrada na bucetinha que, mesmo encharcada, oferecia resistência àquele mastro que queria invadi-la. Era como se ela estivesse perdendo o cabacinho novamente e ela gemia alto enquanto ele forçava, até que a cabeça entrou e ele ficou parado só com a cabeça dentro dela, depois foi empurrando devagar enquanto ela gemia como louca. Aaaiii, como é grandeêê?, nosssa! É tão grosso! Que delícia amor! Vc tá vendo ele entrar em mim Alex? Depois de tudo dentro, Fernando começou a se movimentar entre as pernas de Vivian e eu acelerei minha punheta, quando senti que ia gozar, assistindo minha mulher sendo fodida por aquele caralhão. Nossa, como você é apertadinha! Você é a mulher mais gostosa que eu já comi! Falava ele, enquanto beijava a boquinha dela. Não para, Fernando, por favor, não para, tá uma delícia. Tá vendo meu corninho, to ficando arrombadinha pra vc! Falou ela gemendo. Quero pegar você de quatro, vem gostosa. Falou ele, saindo de cima dela que, rapidamente se posicionou de quatro sobre a cama. Fernando veio por trás, e fez com que ela arrebitasse ainda mais a sua bundinha, e cravou-lhe aquela tora bem devagar na bucetinha cheirosa de Vivian, que soltava gritinhos e gemidinhos de prazer como nunca. Aquele caralhão se atolava e arrombava por inteiro a bucetinha da minha esposa. Fernando foi acelerando seus movimentos até que gozou em meio a espasmos loucos inundando-a com a sua porra e ela gozou junto com ele. Depois, os dois se deitaram exaustos na cama, e ela se aconchegou ao peito dele. Depois de alguns minutos ele deu um beijo em sua boca, e disse: Vamos pra hidro, relaxar um pouquinho? Ela me olhou sorrindo, me mandou um beijo e disse: Obrigada! Os dois se sentaram lado a lado na banheira sob as espumas e ficaram conversando. E enquanto isso, eu liguei para a recepção e pedi uma garrafa de vinho e uma coisa pra comermos. Quando voltei a olhar, os dois já trocavam caricias novamente. Pelos movimentos do ombro de Vivian, percebi que ela o punhetava de leve, enquanto o beijava. Aquele mastro estava novamente, duro como pedra. Então ele se sentou na borda da hidro, a Vivian ajeitou-se em cima dele e começou a cavalgá-lo lentamente enquanto ele apertava seus seios e lambia suas costas. As mãos dele tocavam seu grelinho, e ela se deitava pra trás deixando que eu visse o pau entrando e saindo daquela bucetinha linda, que parecia que ia virar ao avesso, cada vez que a tora saia. Noossaaa Alex, que caralhão gostosoôô vc me deu de presente! Que delícia! Ela o cavalgou por um bom tempo. Quando ela percebeu que o Fernando ia gozar, acelerou a cavalgada gozando junto com ele. Fernando ficou largado dentro da banheira e Vivian veio tomar uma ducha. Ao passar por mim, me abraçou e me beijou. Tá gostando de ver sua mulherzinha sendo fodida, e bem fodida, por outro macho? Sim, muito... Estou adorando..., e você? Eu também. Ele é muito gostoso! Que caralhão delicioso ele tem. E eu te amo muito, Alex, muito mesmo! Vem tomar banho comigo. Fomos pro chuveiro e ela me chupou bem gostoso até eu gozar. Logo depois, o Fernando também foi para o chuveiro. Eu sai e deixei os dois sozinhos. Logo pude ouvir os gritinhos e risinhos dela. Fui até lá e pude ver através do Box os dois abraçados se beijando. E a mão dele massageando seu grelinho. Quando saíram do chuveiro, sentamos a mesa pra tomarmos a garrafa de vinho. Vivian ficou só na água e às vezes dava uma bicadinha no meu ou no vinho dele. Vivian estava deliciosa enrolada na toalha e sentada no colo dele. Me distanciei um pouco e para deixa-los mais à vontade, me deitei na cama e fiquei observando. Os dois começaram a conversar e ele passou a beijar o pescoço dela, que alisava seu caralho. Ela olhou pra ele e disse: Me come? Me come agora? Ele rapidamente a pegou nos braços e a levou para a cama. A virou de ladinho e atolou seu pau enorme na bucetinha de minha mulher. Eu estava deitado na cama virei ao contrário pra ver bem de pertinho aquele caralhão arrombando a bucetinha da minha putinha. Enquanto ele atolava o pau nela, beijava-lhe a nuca e segurava firme sua cintura. Quando ela anunciou que ia gozar, ele acelerou as estocadas. Depois que ela gozou, se virou e abocanhou o pau dele punhetando bem rápido e ele se contorceu enchendo a boquinha dela de porra. Depois se virou pra mim e me punhetou até eu gozar na sua mão. E aí amor, gostou da experiência? Eu perguntei, quando já estávamos em nossa casa, na nossa cama. Adorei, apesar de estar agora com a bucetinha toda ardida. Mas foi sim, muito bom! No começo fiquei com medo daquele caralhão, mas depois foi uma delícia. Nos beijamos e dormimos agarradinhos.
Foto 1 do Conto erotico: Da fantasia a realidade

Foto 2 do Conto erotico: Da fantasia a realidade

Foto 3 do Conto erotico: Da fantasia a realidade

Foto 4 do Conto erotico: Da fantasia a realidade

Foto 5 do Conto erotico: Da fantasia a realidade


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 19/01/2018

Que tesão! Esses pirocudos negrões, devem ser maravilhosos numa orgia! Betto (o admirador do que é belo)

foto perfil usuario cornoaspirante

cornoaspirante Comentou em 04/11/2017

Só nao gozei porque hj vou socar na bucetinha da minha putinha e encher de leite. Muito bom o conto

foto perfil usuario cuckoldinicial

cuckoldinicial Comentou em 17/10/2017

Tambem tenho a mesma fantasia. Ja consegui convence la a sair com um rapaz uma vez, maz ja faz um ano. D ela pra ca k não ta facil.... mas to na peleija.....quem sabe aqui no blog não consigo uma amigo pra convence la.......

foto perfil usuario renataxrick

renataxrick Comentou em 28/03/2017

Nossa que conto,li seis hrs da manha ja batendo punheta

foto perfil usuario fulano

fulano Comentou em 27/03/2017

Tesão de conto e fotos !!

foto perfil usuario analisd

analisd Comentou em 27/03/2017

puta que pariuuuu!!! gozei e votei

foto perfil usuario baianosafado13

baianosafado13 Comentou em 27/03/2017

Queria provar sua esposa tbm. Delicia

foto perfil usuario oscar31

oscar31 Comentou em 27/03/2017

Cara tenho o mesmo sonho mas ta difícil convenser a mulher. Dizem que ajuda p casamento ou o relacionamento é verdade? Depois disso como anda o casamento de voceis.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


103158 - Realizando - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
111898 - Ex-namorado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
114264 - Sozinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 27
114333 - A Visita - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
116797 - Ele quis, eu me dei de presente! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 35
120882 - Liberada!! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 42
124408 - Na casa de swing - Categoria: Fetiches - Votos: 17

Ficha do conto

Foto Perfil lobodemage
lobodemage

Nome do conto:
Da fantasia a realidade

Codigo do conto:
98588

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
26/03/2017

Quant.de Votos:
19

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


1355 coroa da bunda contos eróticosmamae gostosona incestoler canto erotico de mulher coroa que teve tesao e desejo pela amigaBoquetera no glory holeconto erotico em quadrinho de menina e pedreiroconto tia sem vergonha no banhome deliciando nas picas dos meus ermaosconto erotico caminhãoPorno conto eu e minha tia no sexo virtualmetendo a mao no rabo da vadia no ônibusContos eroticos perdi a apostaengravidei conto eroticocontos eroticos comeram minha namorada no escurocontos eroticos meu cachorro me estuprouFotos arredou minha calcinha e me comeucontos de sexo com o entregador de gassuada da academia mais dei meu rabao d 108 cm contos eroticosConto erotico engravidoumeu padrasto me iniciou na zoofiliareal porno hqcontos sexo explicito com palavrõescontos eroticos de incesto mae tica o filho mais com babydoolquadrinhos gay pausudo praia 19 contos pornoscontos me comeram mas não sou gayeu na minha moto eu levei pro motel a irmã do meu amigo eu tirei a virgindade da buceta dela conto eróticocontos eróticos de empregada dado o cua casada convida aprima para transa junta com maridoConto erotico virando gay cem quere e a força e chSexo com o pai conto erotecohistoria de contos eroticos de negao fudendo neguinha novinhacontos vi minha mulher dando pra doisContos eroticos programa com os meninos de ruaultimo contos eroticos com fotos 2017 vizinho roludo engravidou minha mulhercontos eroticos papai e mamae me comeramfotos velhas brasileira batendo punheta para caralhudono conto erotico minha irma mais nova mim pertuba pra transa com elaas gosadasmas q sai pora na cara da putacontos eróticos aprendendo com a esposaconto esposa perde aposta e tranza com molekcontos dei pro meu patrao do estagio gaycontos casei com a filha pra comer a sograConto erotico de ménina 12 mostrando a bucetinhaconto erotico gay valentaoconto ertico meu irmo camilinhaContosacordando a irma para fodercontoeroticogozadacontos eroticos na cachoeira com os primos tarados e cacetudoscontos sou travesti e dei pro meu tio joaoContos eroticos gordinho sendo comido pro lixeirosconto erotico de metendo na senhora evangelicacontoeroticoirmaosConto erótico sedução do vizinho traiçãowww.contos camionero fudeno .com.brgozando quentinho na buceta da maninhacontos eroticos ninfetascontos eroticos incesto entre gemeo femeninocontos pornos comeram meu cu sem minha permissao mas gosteicontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra elecontos de flagrascontos eroticos esposa fielContos de madarastas safadasbetonegao_pecontos eróticos vovô gayeu amo meu filho incesto sexo contosOuvi mamãe gritando quando a esporravam a conagay vampiro contocontos viciei na siriricacontos eroticos iniciação de putinhascontos gay carrosselVideos porno com genro comendo sogra da buceta grande e grisalhacontoseróticoscomeram minha esposa na marracontos eroticos juvenisConto homem de pica motruosa fuder dona de casa rabuda no tremcontos erotico com 45anos por causa fiz programadesvirginado contocontos eroticos inversaoconto erotico ninfeta chantagemsexo na boleiahistoria erotica meu irmão me comeu enquanto eu estava fingindo dormirerguas com gozofazendo meu primo gay virar homemChupei a buceta da minha sogra çontocontos eroticos sendo estuprada no cu pelo sogro na marra com aprovacao do maridocontos eroticos - coninhaQuadrinhos eróticos a caronamarido com esposa no acampamento contosconto erotico um peludo comeu meu cumeu marido adora me ver transandoporn gay padeiroladra come buceta da muhle em codedo no quato Nuascontos heroticos gay meu primo de dezesseis me comeu quando eu tinha oito anosMeu Irmao Conto Incestoconto erotico ilustrado cornostracei a samira conto eróticosminha esposa me mando eu me esconder para se exibir para ele conto eroticoContos gay pau pequenoconto trepada gostosa com ameliaporno da freira em quadrinho