A SURPRESA



Meu casamento ia mal. Não temos filhos e moramos em um confortável apartamento em São Paulo. Meu marido já não me procurava mais e decidir fazer uma loucura na tentativa de salvar nossa relação. Pedro sempre foi um verdadeiro garanhão e já tinha sugerido que nos transássemos com outra mulher, fazer um ménage. Eu nunca tive tesão por mulheres, mas decidi que toparia tudo pelo nosso casamento. Comecei a pensar na pessoa, mas não tive coragem de convidar qualquer amiga e tive a idéia de contratar uma prostituta. Estava na sala telefonando para as modelos nos classificados e fui ficando excitada com aquelas mulheres que me diziam coisas pelo telefone. Estava sozinha em casa, no meu quarto, e não tive duvida, tirei a roupa e comecei a me masturbar ouvindo aquelas prostitutas. Não percebi que nossa empregada tinha chegado e ela então me flagrou toda arreganhada com meus dedos enfiados na xana e no cuzinho. Fiquei morrendo de vergonha e ela se desculpou e saiu. Desliguei o telefone e quando estava me vestindo ela entrou no quarto, me empurrou na cama e me lascou um beijo. Fiquei enojada e mandei ela parar, mas ela era uma mulatona, mais forte que eu e me deu um tapa na cara e me disse que eu seria sua puta. Tentei resistir mas me dominou e começou a sugar e morder meus seios. Fui ficando excitada e ela percebeu. Beijou-me de novo e dessa vez não resisti, logo ela arrancou minha saia e meteu os dedos na minha xana já molhadinha. Ela começou a me chupar, enfiando sua língua na minha xana quando gozei. Ela rapidamente tirou sua roupa, foi quando percebi que a negona tinha peitos enormes e duros e seu corpo era bem definido, parecia uma atleta. Ela abriu suas pernas e mandou-me chupa-la. Eu ia dizer que não quando ela me deitou na cama e acocorou-se na minha boca, esfregando sua xana na minha boca. Comecei a chupa-la, então, o cheiro era forte, mas meti minha língua naquela bucetona cabeluda até aquela piranha gozar. Ela então começou a mijar ma minha boca, no meu rosto me prendendo naquela situação entre suas coxas. Enguli muito mijo, quando ela mandou que eu enfiasse meus dedos no seu cuzinho, ficando de quatro. Era minha vez de fuder aquela puta. Fiz-me de besta e comecei a socar um dedo, depois dois, três e quando ela começou a rebolar, mandei ela abrir bem as nádegas. Fechei o punho e enfiei naquele cu sem dó nem piedade. A mulata deu um grito mas minha mão já estava dentro do cu dela. Ela tentou tirar minha mão, mas eu abri minha mão dentro do cu dela não permitindo. Comecei a socar com força e a negona começou a gemer, gritar e urrar, acabando-se num gozo incrível, se contorcendo quase em convulsão. Não me fiz de rogada e me posicionei com minha xana na boca dela e mandei a piranha me chupar, quando ela menos esperou mijei na boca dela me sentando. Ela enguliu tudo quase se sufocando. Meu punho ainda estava dentro do cu dela daí comecei a esfregar meu cuzinho na boca dela e mandei ela chupar. Quando ela enfiava a língua dentro do meu cu, comecei a gozar e ao relaxar me esforcei e comecei a cagar na boca daquela puta. Ela tossia e tentava me empurrar, mas eu a dominava. Não teve jeito ela teve que engulir a merda. Pronto eu estava vingada. Depois eu a posicionei de quatro novamente e com a mão fechada arranquei o punho do cu dela que gritou de dor. A mulata desabou na cama e eu deitei do lado. Ficamos caladas, nos olhamos e cada uma se levantou. Fui ao banheiro me limpar e quando retornei a negona estava vestida, de cabeça baixa. Olhei para ela que me pediu desculpas, dizendo que não sabia porque tinha feito aquilo e que se eu quisesse pediria demissão. Mandei a negona calar a boca e lhe disse que a partir daquele dia ela não seria mais minha empregada e que, todo os dias, ela iria me chupar e beber minha urina. Ela me olhou surpresa e dei-lhe um beijão na boca, sentido o gosto da merda. Arghhhh! Horrível. Ela ficou sorrindo, então mandei que ela se banhasse e a levei ao salão para um trato daqueles. Pedi ao pessoal um trato especial e mandei depilar a negona todinha. Depois levei minha nova amante ao Shopping para um banho de loja, comprando roupas intimas sensuais e o resultado foi maravilhoso. A mulatona ficou linda. Convidei-a para morar conosco, sem meu marido saber de nada, e naquela noite, resolvi realizar o desejo do Pedro, faria uma SURPRESA. Mas a continuação dessa estória somente em outro conto.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


5050 - Raissa virou mulher - Categoria: Incesto - Votos: 2
5051 - Meu macho, minha femea - Categoria: Fetiches - Votos: 7
5106 - A surpresa! - Categoria: Travesti - Votos: 4
5163 - Perdi o cabaço do cu. - Categoria: Zoofilia - Votos: 3
6875 - O ACIDENTE - Categoria: Incesto - Votos: 4
7707 - MACHO DA CASA - Categoria: Incesto - Votos: 6
7766 - segundo tempo - Categoria: Incesto - Votos: 1
7979 - TARDE DELICIOSA - Categoria: Incesto - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico saralee

Nome do conto:
A SURPRESA

Codigo do conto:
8069

Categoria:
Lésbicas

Data da Publicação:
29/05/2006

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de violênciaincestquadrinhoconto erotico baile carnavalconto de incesto com avô e netinhacontos eroticos de gay dando a bunda pro pai do meu amigoporno onibos lotado casada e agarrada por outro na cara do cornofamilia bi contoIncesto com minha tiaporno mae se Engravidar do meu próprio filhoContos eróticos de gay fui comido pelo colega de trabalhoporno gay quadrinho mozto rucontos eroticos minha mulher nasalna mistasó o meu amante que me satisfaz"regina" download video pornowww.contos eroticos mae fude com filho novenho pauzodo dando cuxvideis 2017comi a minha tiaRAJA HENTAI.COMcontos eroticos gay comendo o alcolatracontos quadrinhos reaisnivinhas rabudas gosando os pulos etremendoContoerotico irma.ziconto erotico viciei da a bunda gay na encolhacontos eroticos cuzuda da praiavangogrostov.rul/contoconto erotico mostrando pau pra mulher crentiContos gay com malhadoprimeira vez no clube swing ja virei corno mansocontos com fotos fodi esposa do meu inclinocontos eroticos so de mulatas do rabo quentebundaopeladade4novinha brincado de medicocontosvideos de porno com marido aassistino a esposa da cuchrisrían and pornoamerican capo de fusca nudecontos eróticos 2 amigos e minha esposaengravidei minha vizinha conto eroticoconto erotico masturbaçao forçadacontos com fotos não resistir a picona do meu genrinho e virei amante dele quero ve coto erotico de menina bebe virgem que foi estruprada pelo homemcontos de incesto meu papai tirou minha virgindadeconto esposa enrabadacontos adoro ficar bem arrombadaconto erotico mostrando pau pra meninacontos eroticos chantageada pelo megadotadoFudendo a mae do meu colega coroa eu novinho contoscontos eroticos vizinha novinha ecuriosacontos eroticos com imagens eu e meus amigos comemos a minha mae bebadaquandrinho heroticofui trair meu marido e chorei arependida o cara comeumeu cuconto pornocontos eroticos primeira traicao esposameline conto eróticocomi a buceta e cu de cilene contoscontos eróticos o pintor lá em casacontos eroticos lactofiliacontos eroticos gays medicoamateursex.communheres se biquini fio detau na praia bufeta rajadascontos eroticos tia dos meus sonhos 1contos gay marinheiro roludoConto erotico meus pais me ensinarambaba e negao quadrinhoConto inseminando a sobrinhacontos eróticos publicados encoxadasContos eroticos no churasco eu cumi as minhas subrinhas pequenasconto erotico empregada negranovinha rabuda contos eroticosxvideos insetocontoseróticoshistorias porno desenhoscomida barbamente contos eroticosbuceta estrudaEmpregadas banda desenha eróticacontos eróticos gay pedreiroscontos eroticos comendo a vendedora de bijuteriasporno Mãe cunhadosexo irmã so faz merda conto