eu meu marido e nossa vizinha tati




Há muito tempo que eu e meu marido fantasiamos ter outra pessoa na nossa relação, sempre lemos contos e assistimos a filmes onde na historia acontece ménage com outra mulher, isso me excita muito e gozo imaginado tudo que faríamos com nossa amiguinha, ate recentemente só tínhamos a fantasia sem a coragem de realizar, pois queríamos alguém de confiança e que fosse algo prazeroso e não tínhamos coragem de envolver alguém de nosso meio social e nem queríamos uma garota de programa. Somos um casal bonito, nada de super, eu Jaque sou branquinha, loira, 1,66m, 55kg corpo bonito pra uma mãe, rsrs... meu marido Marcelo é um moreno claro bronzeado de 1,83m, 81kg, um corpo bonito e que adoro, ambos malhamos, ele com 32 anos eu com 26 anos.
Nos últimos meses tudo mudou, moramos em um condomínio e a casa ao lado da nossa foi vendida para um casal, no dia da mudança estávamos mexendo no jardim que temos na frente de casa quando eles chegaram, Tati é uma morena bonita, 26 anos 1,68m de altura e peso proporcional, na primeira vez que a vimos ela parecia ter um corpo normal, pois usava uma camisa e uma calça larguinha, o marido Luiz um tipo baixinho e normal nada demais. Nos apresentamos e nos colocamos a disposição para o que precisassem. No outro dia Tati me procurou pra saber se eu conhecia alguma academia, pois ela adora malhar e não queria perder tempo, indiquei a minha e falei que no fim da tarde se ela quisesse poderia ir comigo, assim no horário combinado ela chegou, ai eu pude ver o quanto ela era gostosa, parecia uma panicat, na hora fiquei louca de tesão vendo ela naquela roupa colada. Me recompus pra não dar bandeira e fomos para academia, depois desse dia estávamos sempre conversando e ela me contou que adorava minha companhia já que estava sempre sozinha, pois o marido viajava muito e ela sempre ficava em casa.
Todas as vezes que transava com meu marido a imaginávamos com a gente, era sempre uma loucura, gozavamos alucinados. Era louca pra experimentar uma xoxota, e pra ver meu marido fudendo outra de 4 tanto no sexo vaginal quanto no anal, só de pensar nisso fico toda molhada. Sempre que estava com ela dava um jeitinho de meu marido ficar por perto pra admirar aquela loira “cavala” como ele mesmo a chama. Numa de nossas ultimas conversas ela me confidenciou que se sentia muito sozinha e estava carente, o marido não dava atenção e a mais de 2 meses não faziam sexo e ia pra academia pra tentar esgotar essa “energia acumulada” e em casa ainda se masturbava, mas o desejo nunca diminuía, ai perguntei no que pensava quando se masturbava e ela ficou meio tímida e não quis falar. Aquilo ficou na minha cabeça, será que ela tinha tesão no meu marido? Já peguei ela olhando disfarçadamente para ele quando ele estava cortando grama ou brincando de bola na Rua com nosso filho e seus coleguinhas... bom, como sabia que ela estaria sozinha no fim de semana a convidei pra passar com a gente, pedi minha mãe pra fica com nosso filho esses dias e fiquei pensando nos detalhes, no sábado durante o dia faríamos um churrasquinho na beira da piscina pra criar mais intimidade entre nos e a noite uma balada pra esquentar as coisas.
No sábado por volta das 10:00 horas nossa convidada chegou, estava maravilhosa, vestia um biquine vermelho e com um shortinho bem pequeno, trouxe com ela algumas garrafinhas de Ice que ela adorava e começamos a tomar na beira da piscina, meu marido estava colocando a carne na churrasqueira e tomando uma cervejinha, eu já estava só de biquine e pedi que Tati também ficasse pra cairmos na água e depois nos bronzearmos, quando ela se levantou e começou a tirar aquele shortinho olhei para meu marido que estava de queixo caído embasbacado com a visão, ela dando uma reboladinha e mostrado aquela minúscula peça com só um fiozinho dentro do reguinho, que delicia!!!!
Tomamos mais uma ice cada e vi que ela já estava um pouco alta, e aproveitei para elogiar o corpo dela, ela agradeceu o elogio e soltou:
- Pena que mantenho isso tudo em cima e não tem quem queira usar.
- Não da pra acreditar, você é muito gostosa!!!
- Se meu marido não abrir o olho ele vai levar um par de chifres.
- Teria coragem?
- Sim, não to aguentando de tanto tesão, sempre fui muito fogosa.
Ela já estava soltinha e pensei, é agora.
- Tem tesão por alguém?
Ela engoliu seco e sem que percebesse desviou o olhar na direção de meu marido.
- Pode falar, somos amigas.
- Você vai ficar chateada comigo se seu falar.
- Nunca sei o que esta passando e quero te ajudar.
- Tá bom, confesso que ultimamente tenho desejado seu marido, mas me desculpe eu não consegui controlar.
- Se você quiser te empresto ele, quer?
- Você ta brincando né?
- Não, sempre que transamos imaginamos você com a gente e é muito bom.
Ela deu um sorriso e vi que seus olhos brilharam, nisso me levantei e falei no ouvido do meu marido que hoje ele iria ser o homem mais feliz da face da terra, realizaríamos nossa maior fantasia. Chamei ele pra perto da gente e brinquei enquanto fazia ela se levantar e dar uma voltinha:
- Olha como ela é gostosa amor, nem da pra acreditar que o marido não fode ela. Aposto que você comeria nos duas bem gostoso.
Nisso fiz sinal com a cabeça e ele se aproximou de Tati e colocou as mão em sua cinturinha a puxando para perto do seu corpo, senti que ela estremeceu toda, Marcelo a beijou e ela correspondeu num beijo cheio de desejo e automaticamente as mãos de meu marido percorriam seu corpo. Ela seguro o cacete dele por cima da suga. Ele soltou a parte de cima do biquine dela e começou a mamar naqueles seios deliciosos e fez sinal para que eu me aproximasse deles. Enquanto ele chupava aqueles seios durinhos com uma marquinha linda de biquine me aproximei dela e a beijei, foi um beijo gostoso, diferente, uma sensação maravilhosa que me fez sentir uma tesão imenso.
Nisso soltei a parte de cima do meu biquine também e ficamos revezando, ora eu chupava os seios dela e Marcelo os meus e ora ele chupa de Tati e ela os meus. Olhei para ela de um jeito sapeca e me ajoelhei livrando meu maridinho de sua sunga e deixando seu belo cacete a mostra, ela se ajoelhou imediatamente e começamos a mamar a aquela vara gostosa, nossas línguas se tocavam enquanto lambíamos juntas a cabecinha, fui descendo lambendo as bolas de Marcelo e ela logo engoliu todo o caralho, ele foi a loucura sempre quis ter duas boquinha mamando seu pau. Ficamos nisso por um tempo ate que Marcelo a puxo e a deitou na espreguiçadeira, retirou sua minúscula calcinha e vimos uma xaninha linda, lisinha com apenas uns poucos fios loiros formando uma tirinha. Que delicia! Marcelo volto a colocar o pau na boca de Tati, eu percebi que ele queria me ver realizando meu desejo de xupar uma bucetinha. Não resisti e cai de boca naquela xaninha, que cheirinho delicioso ela exalava, passava a língua naquele grelinho como sempre quis que fizessem comigo, que delicia, ela começou a rebolar e a tentar falar alguma coisa, mais não conseguia tirar o caralho da boca, foi quando senti seu corpo todo vibrar, ela gozou na minha boca, tamanho era seu tesão, que delicia!!!!
Ela respirava ainda ofegante quando largou o pau de Marcos e falou:
- Seus safados, foi o melhor orgasmo da minha vida!!! Quero mais.
Tirei minha calcinha e foi a minha vez de me deitar, ela se ajoelhou e ficou de 4 lambendo minha xaninha e meu marido safadinho foi chupar a bucetinha gozada da nossa vizinha gostosa. Também não resisti muito tempo e gozei gostoso.
Peguei uma camisinha e aproveitando que Tati ainda estava de 4 coloquei no pau do meu lindo e pedi pra ele fuder ela bem gostoso, ele não se fez de rogado, colocou a cabecinha na portinha da xaninha e ela implorou para ele meter.
- Vai safado, mete na sua vizinha puta que ta carente de pica.
Ele segurou forte na cinturinha dela e começou a bombar aumentando o ritmo, ela jogava o corpo para trás rebolando gostoso aquele rabão, que visão maravilhosa..
- Mete seu puto, fode essa putinha carente de pica, sempre quis essa rola na minha buceta.
- Ta gostando da minha rola sua cavala safada?
- É uma delicia!!! Não para, continua assim gostoso. Ai Jaque, obrigada por deixar eu trepar com vocês.
- Aproveita bastante e se quiser pode fuder sempre com a gente. Vai ser nossa putinha.
- Vem Nanda deixa eu sentir sua bucetinha de novo.
Me deitei de novo e ela começou a me chupar enquanto Marcelo fudia ela com vontade, vez e outra ela parava de me chupar e em meio aos gemidos pedia mais pica, pra ser xingada e levar uns tapas, e Marcelo adorava tudo isso, ia metendo dando uns puxões no cabelo e xingando ela de putinha, ela não resistiu e gozou no pau de Marcelo que sentindo ela gozar acabou gozando também.
Ele se levantou tirou a camisinha ela se virou e caiu de boca no pau de que estava já meio mole, eu também cheguei perto e me deliciei com o sabor da porra de meu marido em sua boca num beijo gostoso.
Nisso Marcelo já dava novamente sinal de vida, me deitei na espreguiçadeira e Tati subiu e começamos um 69 maravilhoso, Marcelo com o caralho duro novamente se posicionou e começou a meter na minha xaninha e Tati lambia minha xota e o pau que entrava e saia na minha bucetinha. Que sensação maravilhosa, nunca senti tanto prazer e mais uma vez gozei.
Marcelo e Tati ainda queriam mais e pedi que ela ficasse de 4 novamente. Como ela ficava linda nessa posição!! Me posicionei ao lado dela enquanto Marcelo colocava a camisinha e abri sua bundinha gostosa e comecei a passar a língua no seu rabinho, ela se arrepiou toda e com um misto de tesão e medo pediu que fosse bem devagar pra ela se acostumar com a grossura, já que seu marido Luiz tinha uma pica bem mais fina, Marcelo se ajeitou e eu dei uma cuspidinha no cuzinho pra deixar ele bem lubrificado.
Marcelo começou a forçar a entradinha daquele cuzinho loiro e a cabecinha começou a entrar devagarzinho, nossa vizinha putinha mordendo os lábios e gemendo baixinho pedia pra ele ir devagar, depois que a cabecinha passou vi que seus olhos lacrimejavam, aquilo me deu um puta tesão. Marcelo colocou mais alguns centímetros e parou ficando acariciando sua bucetinha para ela acostumar com a pica no rabinho, alguns instantes depois a dor que ela sentia começou a vira prazer e ela começou a rebolar fazendo com que o caralho de meu marido entrasse ate o fim, Marcelo começou a fuder e ela ia aumento a velocidade fazendo com que as estocadas fossem mais fortes e rápidas.
Marcelo metia com vontade e Tati pedia mais pica:
- Vai fode meu cuzinho apertadinho, me deixa toda fudida, vai meu puto, mete mais em mim.
- Ai amor, ta gostoso fuder o cuzinho da nossa vizinha?
- Ta uma delicia, que cuzinho gostoso ela tem.
- Ai Nanda, seu marido fode muito gostoso, que pica maravilhosa. Fode meu cuzinho, fode.
Eu me masturbava e ficava observando os dois naquela foda maravilhosa, aquela loira gostosa dando o rabinho pro meu marido e todos nos realizando nossos desejos.
Quando ela começou a se masturbar e pedir pra ele meter mais rápido que iria gozar, eu acabei gozando.
- Vai mete, não para que vou gozar, fode meu rabinho, fode. Meu marido não me come e vai ver ele todo abertinho, aquele corninho merece isso. Fode sua putinha loira meu gostosão.
Falando isso ela gozou de uma forma tão intensa e gostosa que seu corpo todo estremeceu, Marcelo ainda não tinha gozado e nos ajoelhamos mamando seu cacete e ele gozou gostoso nas nossas boquinhas.
Foi uma tarde maravilhosa, depois disso tomamos um banhos os três junto e brincamos um pouco no chuveiro, Tati estava radiante, na verdade todos nos estávamos.
Nunca pensei que seria tão boa essa experiência, e isso foi só o inicio, na noite de sábado e no domingo transamos muito, ela ainda quis transar na cama dela pra se lembrar dessa trepada quando estivesse com o marido. Que safadinha né?
Faz pouco mais de um mês que isso aconteceu, já tivemos outros dois encontros com ela, e estamos com mais cumplicidade.
   

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


22674 - Eu minha noiva e meu amigo - Categoria: Fantasias - Votos: 5
22815 - eu meu noivo e minha prima - Categoria: Fantasias - Votos: 6
23169 - Eu minha prima Ana e meu noivo - Categoria: Fantasias - Votos: 5
23830 - eu e meu noivo fizemos nossa amiga de putinha - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
23831 - apos aquela festinha na praia de volta a nossa cid - Categoria: Fantasias - Votos: 1
26517 - de santinha a safada do meu homem! - Categoria: Fantasias - Votos: 3
31585 - ADORANDO TREPAR COM MEU MARIDO E NOSSO AMIGO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15

Ficha do conto

Foto Perfil thiago e bruno
casaliiniciante

Nome do conto:
eu meu marido e nossa vizinha tati

Codigo do conto:
57050

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
01/12/2014

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos de uma ninfomaníacameu filho me pegou com a buceta peludacontos eroticos fragay minha esposa com meu irmao e nao agrediteixvıdıos escorendorelatos sexuais nosso amigo comendo meu cú e meu marido filmanovideo da fabiola rabo de arraia pelada e trepandoconto erotico escravaConto erotico gay pau de 29 cmtrai meu marido com irmao deledeixa eu ver sua bucetinha deixa contosconto iroticos 2017 meu marido comedo o cu do meu amatecasa conto - ciumes do maridaocontos eroticos gay colocontos eroticos tia e vovo ninfomaniacaspunheta na infancia com amigocontos gay virei puta do molequecontos com fotos de pauzudosContos éroticos,rapidinha com sobrinhacontos eróticos minha esposa chupando doisconto erotico evolvendo mae filho e a vizinha rabudaconto erotico de cornocontos eroticos virei gayincesto irmas ficam brigadas por causa do irmao contossou cd zinha sou do meu paiultimos contos sadocontos eroticos de pastores e padresQuadrinhos eróticos- enteada sobrinhaContos eroticos chupada dormindoaquele safdo abuzou da minha garotinha no honibus contos heroticisPedreiro fode a empresaria conto eroticocontos a esposa timida do primominha esposa com meu amigo pauzudoconto erotico sala de aulapenis preto pra masturbaçaocontoscontos gay me drogou e me vestiu de mulher pra me comerDiario de uma crossdresserFotonovela erotica com estuprosmaegravidafilhocontogay sexocontos eroticos irmao comendo cu da propria irma crentecontos eroticos cdzinha fodidaConto erotico minhas irmas llllenrabada amigo sofá bebadopriminha durmindo na fazenda contos eroticoscontos eroticos me exibindo para instalador calcinhafilha puta conto eróticocontos a gostosanapraiafoto conto erotico mae gostosaconto erotico novinha em cara pau do negaohq porno negroscontos eroticos pagando aposta malucacontos erótico inlustrado estrupadas(contos eroticos)andando so de calcinhas desde pequenaContos eroticos com fotos de podolatria com a atendente11 aninho peladinhaContos Eróticos. de Minha Madrinha Veranegra viciada em porra na gargantacontos eroticos reais boqueteira viciadaminha esposa mamando conto eróticomeu cachrro me comeu quando eu dormia e ficamos grudadoscontos eroticos mamei na pica do meu chefecontos de eu sou homem me transformei de mulher para machoporn contos eroticos toda noite amarrada e usada no barcontos eróticos gay padastro dwolland coroas para namorocontos chupou pau 21cm bucetadamarta danetcontos lesb de mamae dando cu para coroas lesb comendo cosolo de cintaconto de suruba caseira insestuosaconto erotico estuprado pelo lobisomemconto vizinho coroameu padrasto disse que me ama contos eroticoscontos heroticos minha noiva quer ir num surubacorto erótico amigo maconhairo gaybuceta de sena a fuderbucetaon vermelho molhado escorrendo comfilho de bicheiro gosta de assistir mulher transando com outrosContos erotico minha esposa chego do trabalho com pentelho na bocaConto erotico.peguei a minha sobrinha dormindo so de calcinhacontos eróticos meninas do farolcontos eróticos gay amigo negao do meu irmao me iniciouporno coroas no onibuswww.conto eróticos de um motorista de uber.xvideos gay.compornô grátis só contos eróticos sogra cozinha