Comi a força a amiga da minha irmã



Olá
No último conto, falei de quando comi minha amiga de trabalho dentro da empresa, vi que algumas pessoas gostaram e decidi contar aqui todas as minhas aventuras sexuais.
Hoje vou contar do dia em que peguei a força uma amiga da minha irmã.
Bom eu ainda era meio moleque tinha 17 anos, minha irmã tinha uma vizinha como sua melhor amiga, uma loira muito gostosa seios grandes coxas grossas tinha na época 23 anos, vivia em casa, eu sempre me masturbava pensando nela.
Um dia cheguei em casa sem elas perceberem e ouvi a amiga que vou chamar de Sara dizendo que tinha um desejo de ser pega com força, violentada, eu fiquei imaginando isso e decidi fazer.
Passei 3 meses planejando esperando o momento certo, a casa da Sara fazia fundo com a minha, não tinha muro na frente nem dos lados só o do fundo que era baixo e por onde ela entrava pra ir fofocar com minha irmã, eu sempre subia no muro pra ver a Sara no quarto dela que sempre estava com a janela aberta, ela morava com a mãe e mais 2 irmãs uma mais velha e outra novinha.
Certo dia eu decidido a realizar o desejo de Sara subi no muro pra ver se ela estava em casa, e pra minha supresa ela estava tirando a roupa pra tomar banho eu sabia que ela só podia estar sozinha em casa então esperei ela entrar no banheiro pulei o muro em seguida a janela tirei minha roupa e deitei na cama esperando ela sair.
Eu estava morrendo de medo e cheio de tesão, pensei em desistir nas quando lembrava dela falando sobre seu desejo isto me dava coragem.
Ela demorou no banho e quando eu estava quase pra desistir escutei ela desligando o chuveiro e logo depois ela abrindo a porta meu coração, disparou meu pau estava duro esperando por ela que logo apareceu e ao me ver na sua cama ela se assustou mas logo me reconheceu e perguntou oque eu estava fazendo lá, eu estava coberto somente com um lençol e percebi que ela olhava o volume por de baixo, eu disse que tinha muito tesão nela e que a comeria com força como ela gostaria, ela riu e disse que eu ainda não era homem pra isso mas que admirava minha coragem, me senti um pouco ofendido e mais disposto então levantei e fui na direção dela que logo olhou meu pau grande e muito duro, tranquei a porta fechei a janela e disse que ela seria minha, então dei um puxão na toalha que estava sobre seu corpo e vi que ela usava um conjunto de renda rosa, o sutiã deixava seus seios ainda mais firmes, uma calcinha toda enfiada na bunda e quase partindo a buceta me deixou commuito mais tesão, fui pra cima dela que até tentou fugir mas num quarto pequeno ela não teve muita chance, peguei ela pelos abraços e a encostei na cômoda e com força rasguei seu sutiã deixando amostra seus seios maravilhosos, ela ficou assustada mas estava gostando.
Puxei seu cabelo comecei a beijar e morder seu pescoço ela tentava me empurrar mas foi perdendo as forças quando começou a sentir meu pau duro passando em sua buceta, apertei, mordi e chupei aquele biquinho rosinha durinho de tesão e Sara já não tentava me evitar.
Joguei ela na cama segurei seu cabelo e dei um tapa em seu rosto, ela sorriu da forma mais safada que já vi é mandei ela chupar meu pau, ela obedeceu rápido e como uma putinha começou a mamar com maestria, sugava enquanto brincava com minhas bolas, com meu pau enchendo sua boca eu socava fundo, sentia ele na sua garganta até ela engasgar eu quase não conseguia segurar o tesão, meu pinto estava todo babado.
Então deitei ela na cama rasguei sua calcinha e vi aquela bucetinha linda lisinha e úmida, abri bem suas pernas e meti a língua senti aquele sabor delicioso de buceta.
Eu chupava como louco e ela gemia e rebolava a xana na minha boca, eu enfiava a língua depois mamava no seu grelo eu sentia seu corpo tremer, ela pediu pra mim não parar até ela gozar e eu queria muito seu gozo, ela gemia alto segurando minha cabeça até que ela não aguentou mais soltou um gemido longo e trêmulo e gozou, senti seu mel na minha boca uma sensação muito gostosa que jamais vou esquecer, meu pau pulsava de tesão.
Pulei em cima dela é comecei a passar meu pau na buceta melada e enfiei fundo ela se torceu e deu um gritinho gostoso então comecei a bombar forte naquela buceta que eu tanto desejei, eu mordia as tetas dela segurava seu pescoço e socava fundo batendo na sua cara chamando ela de putinha gostosa, minha puta, ela pedia minha rola e eu dava sem do.
Quando estava preste a gozar tirei meu pau e mandei ela chupar, minha putinha obedeceu e mamou ate eu gozar na sua cara, nossa como eu gozei deixei a cara dela toda melada mandei ela limpar tudo que eu iria comer o cu dela, ela disse que não pq nunca tinha dado o cuzinho eu disse que já que eu estava fazendo uma loucura o serviço seria completo.
Virei ela de bunda pra cima dei um belo tapa que ficou a marca da minha mão naquela bunda branca e gostosa, peguei um cinto dela amarrei uma de suas mãos na cabeceira da cama e com o resto do sutiã prendi a outra mão, ela tentava se soltar mas estava presa de bunda pra cima, era toda minha, então a coloquei de 4 abri sua bunda e lambi aquele cuzinho bem apertado, passava ao língua deixando ele bem molhado, enfiava o dedo ela me xingava e dava gritinhos de dor e tesão, eu já estava louco de tesão e decidi enfiar na bunda dela, comecei só passando ele no cuzinho fechado e virgem, depois empurrando de leve, ela dizia que eu já havia mostrado que era homem pra fuder ela e não precisava comer seu cu, mas nada me faria parar, disse a ela que provasse que era mulher e aguentasse a tora no rabo então empurrei mais ela não parava de se mexer, segurei forte sua cintura e forcei até a cabeça entrar nessa hora ela já mordia o travesseiro, tirei pra dar a chance dela respirar cuspi no cu e enfiei, dessa vez foi tudo segurando o cabelo dela sentia meu pau entrando e aquele cuzinho apertado, ela suava e gemia quando comecei a bombar.
Não a coisa melhor que um cuzinho virgem.
Aumentei a velocidade e ela os gemidos comecei a massagear seu grelinho, sua bucetinha estava muito molhada, seus gemidos eram se dor e prazer, senti que ela já estava colaborando e rebolando devagar e muito gostoso, eu já pirado de tanto tesão comecei ao fuder com mais força mordendo sua nuca apertando seus seios e logo eu já não conseguia segurar a vontade de gozar e dei mais uma forçada e gozei muito dentro do cuzinho dela, ela deixou escapar um pqp que gozada forte.
Deixei meu pau amolecer dentro dela e quando tirei o cuzinho dela começou a escorrer porra, ela com o corpo mole desmontou na cama, mandei ela limpar a porra do meu pau e claro que ela obedeceu de novo, depois pediu que eu a soltasse, desamarrei uma de suas mãos e ela se virou e com lágrimas nos olhos e um sorriso na cara me olhou e disse que eu havia fudido ela de verdade e que ela adorou a sensação de ser violentada, disse que teria mais, ela me pediu que fosse sempre assim nada combinado que era pra mim sempre pegar ela de surpresa.
Peguei minhas roupas dei um longo beijo nela pulei a janela e corri pra casa.
Fizemos isso outras vezes, peguei outras vezes, na cozinha lavando louça, no banheiro durante um xixi e a noite quando ela estava dormindo.
Espero que tenham gostado, até o próximo conto, vou falar de quando comi a ex amiga da escola casada e grávida, xau.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario neygostosa

neygostosa Comentou em 20/10/2013

mto bom seu conto.....votado..




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


36487 - Masturbando pra minha amiga. - Categoria: Masturbação - Votos: 13
54412 - Comendo minha amiga - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil garoto danado2
garotodanado2

Nome do conto:
Comi a força a amiga da minha irmã

Codigo do conto:
36960

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
17/10/2013

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


bucetinha da minha filhaCONTOS EROTICOS MINHA MULHER MANDOU O SEU AMANTE ME COMERConto eroticos de sogra presenteia genro com uma punhetacontos eróticos tio peludocontos o cuzinho por dinheirowww,punheta2017,comultimos contos zoofilia 2018fudi minha priminha novinha contocontos eróticos gay no hotel heterosalão de fazer despedida de solteira,so com os roludo para mulhergay passivo volta redonda 2017contos eroticos minha mulher doente comi minha sogra na areaContos fotos de calcinhas de sograsconto erotico com o açougueirocontos gravidas trai fotosconto erótico presente dospaisSexocontos eróticos cdzinha e o papai Noelcontos eroticos primo minha esposacasa dos contos tia 22cmcontoeroticoinocenciasempre olhava quando.minha filhinha engatinhava, contos pornos incestohentai errabada metrô lotado quadrinhoscontos avo chupando a netaporno braziliam fedom pai ensina filho a trocar punhetaContos e fotos filhos pauzudosuma vez sem camisinha aconteceu acidente contominha tia ta me provocando contoscontos eroticos uma puta adora pica pretaconto erotico de sogra gostosaContos eróticos de incesto ai mamae que chupetinha mais gostosa é essaassistir vidio porn velha fica de quatro pro garoto cacetudo enpuraTeacher e cavalo contos eroticosincesto meu pai comeu meu cuzinho quando cheguei do carnaval de chortinhoquadrinho espiando a mae mozto.ruvirei corno virtual contoscontos pornô de zoofilia vi minha esposa Ana engatada com o nosso cão giganteContos de esposas no menagecontoerotico com velho safadoconto erótico gay, flagrado de calcinhacontos de maridos em festa de amigos viu sua esposas sendo seduzidas por eles na sua frente.vadia do ranchoEsposa de biquini na gandaia com amigoscontos-meu cuzinho contraindo no teu pauputaqueriu gozei toda pornohistoria ti sogra transando com genroavozoofiliaconto erotico trai meu marido com um moreno dotadoultimos contos eroticos dando o cu pela primeira vezContos erotico nora na piscina com biquini minusculo mostrando os pentelhos e e arrombadameninas brincando de esconder contos eróticosLer contos eroticos um negao arrombando a buceta da esposa do delegado da policia ate encher porraconto erótico gay amador primeira vez lekesHistorias eroticas de meninas pequenas perversas quadrinhosNovinho submisso virou cdzinhacontos eu comi minha sobrinha de 6www.contoerotico.meu pai mim trasformou em mulherultimos contos eroticos 20017conto erótico chefe q se aproveito da crente casadapicas cabeçudas e meladascandidato a ator pornoemrrabada na fasenda por papai contos eroticos de incestoconto eroticoousadias de casal 3 hq onlinecontos eroticos, me usou para pagar dividaContos eroticos estou louca para fuder com meu vizinhoconto eroticos em quadrinhoimagens porno heta sogra gostosa com genroconto menage de presenteta vendo corno ele fudendo meu cucontos eroticos