Dando para o pedreiro e o pintor



Dando para o pedreiro e o pintor

Há uns anos atrás eu tinha comprado uma chácara, mas já me desfiz, pois dava mais prejuízo do que prazer (depende, neh?!), pois no início estava sempre cheia, mas depois todos vão cansando, e é igual piscina em casa que no todos usam por um tempo e depois fica só ocupando espaço. Mas, vamos ao conto.

Nessa chácara já tinha casa, piscina, e um excelente rio que passava pelo fundo da casa e por ser raso era ótimo para nadar. O antigo dono tinha feito uma espécie de praia ali e jogado bastante areia e então o local ficou muito bom (dei muito ali em algumas farras), entretanto a casa e alguns detalhes da área externa precisavam de uns ajustes. Programei então para fazer essa obra nas minhas férias, pois iria levar ali alguns amigos para uma festa no dia do meu aniversário e contatei um pedreiro que já havia me comido e perguntei se ele teria como ir passar uns dias lá visto que não era tão perto para irmos e virmos todos os dias. Antes de iniciar as obras fomos lá nós dois para ver o que seria necessário e também para calcular o necessário para comprar de material. Fomos um sábado pela manhã e aproveitamos o dia lá e demos uma boa foda e ele disse que já estava morrendo de saudade do meu cuzinho e não via a hora de meter em mim por uns dias seguidos, porém ele disse que seria preciso um ajudante para auxiliar e porque também não entendia de pintura e caso contrário iria ficar ali quase um mês, e eu disse que não conhecia nenhum pintor e ele disse que tinha um amigo que é um PM da reforma e que sempre fez trabalho de pintura nas horas vagas para completar a renda, e ficamos assim combinados e voltamos para casa. Na mesma semana ele já falou com o amigo que disse que aceitava o serviço, pois estava separado da esposa e que não teria problema em sair de casa por uns dias.

Marcão o pedreiro tem 52 anos, branco, 1,70, fortinho e ativão e pau delicioso, e Jorge que é da reserva da PM, tem aproximadamente a mesma idade, é negro, da mesma altura que eu (1,80), forte sem ser gordo e uma rola de uns 20 cm grossa, mas não tanto quanto a do Marcão que é menor.

No dia marcado para entrega do material, fomos para lá pela manhã, saímos de Goiânia as 06hs pois o material iria ser entregue as 09hs,

E realmente logo chegou a encomenda e os dois logo já foram organizando as coisas para dar início ao trabalho após o almoço, enquanto eu me ocupava de preparar nossa refeição. Após descansarmos do almoço os rapazes começaram a trabalhar e eu fui aproveitar e pegar um sol na “prainha” e ficar com uma marquinha de sol usando só o biquíni que eu havia levado. Peguei minhas coisas e passei a tarde lá e voltei no fim do dia, aproveitando também para tomar banho naquela água gostosa do riacho. Voltei no final do dia e começamos a organizar um churrasco e tomarmos umas cervejas, e os dois estavam bem tranquilos, adoram rir e contar piadas e falar sacanagem, eu notava que o Sr Jorge devia ter um pauzão, pois a sua mala era grande, mas evitava olhar para não gerar transtornos. Essa noite correu tudo normal e lá tem dois quartos e propositalmente eu coloquei Marcão para dormir no mesmo quarto que eu para que assim ele pudesse me fuder a noite toda, e assim foi e ele adorou quando viu que eu estava com uma marquinha de fio dental e ele disse que isso lhe dá muito tesão, mas claro que usei a noite toda uma calcinha para que realmente aquela semana fosse a nossa “lua de mel” e como já nos conhecíamos temos o hábito de transar sem camisinha e como ele tem muita porra, meu cuzinho fica entupido apenas com uma gozada sua. Quando amanhecemos ainda chupei sua rola até tomar leitinho para começar bem o dia, e foi delicioso pois enquanto eu chupava a sua rola ele metia a língua no meu cuzinho que estava todo depiladinho, pois na véspera da viagem fui a um centro de estética e fiz toda a depilação do cuzinho, bunda e peito e passei máquina nos pelos das pernas. Logo após tomar o café eu voltei ao riacho para descolorir os pelos das pernas e ficar mais um pouco ao sol, porém logo voltei para preparar o almoço para o meu macho e o seu ajudante, o Sr Jorge. Após o almoço disse aos dois que iria voltar mais cedo para ajuda-los, e voltei ao rio e novamente coloquei minha tanga para ficar com marca mais forte. Como não tinha dormido muito a noite anterior, eu acabei que cochilei ao sol, perdi a hora e não percebi que o Sr Jorge se aproximou, a pedido do Marcão para me chamar para preparar um lanche, porém eu estava virado de bunda para cima e ele viu que eu estava só de calcinha, levou um susto e achou melhor não me chamar e voltou e meio sem graça, porém Jorge sabia o que ele tinha visto e o cutucou para saber o que tinha ocorrido, pois Marcão estava querendo sacanagem e queria coloca-lo na nossa festinha. Ele então chegou e disse que não tinha me encontrado e que logo eu deveria aparecer, mas Jorge disse que não era possível eu não estar lá pois o riacho não é longe da casa e se eu fosse a algum lugar os avisaria, e chamou Jorge para me procurar pois poderia ter acontecido algo comigo e Sr Jorge insistia que não era preciso e quando viu Marcão já descer resolver falar: “sabe o que é? Acho que o senhorzinho é viadinho, pois cheguei lá e ele estava usando uma calcinha fio dental”. Daí Marcão disse que eu devia ter visto errado, afinal “ele é tão homenzinho” disse. Entretanto Sr Jorge disse que não, pois eu estava com o bundão virado para cima e todo depilado, e Marcão perguntou se ele tinha visto de tão perto para saber realmente se estava depilado, daí o pintor disse que observou bem pois é uma bunda redondinha, e que achou bonita, e o pedreiro perguntou se ele tinha me comido, para ter demorado tanto e saber que meu rabo era depilado, e ele disse que só ficou lá um pouco para olhar e que como esta a dias sem meter, aproveitou e bateu uma lá. Daí Marcão perguntou se ele já tinha comido viado e ele disse que a muito tempo atrás sim, mas depois do casamento parou, e o pedreiro bancando o inocente disse que se ele quisesse ele me colocava na sua rola e disse que iria lá no riacho conferir se eu realmente esta de calcinha, e que se fosse verdade ele iria dar um jeito para eu dar para ele, e foi lá e me contou, rindo, sobre o que tinha ocorrido, e eu só falei que ele era muito safado e ele disse que só estava querendo meter em mim mais a vontade e poder me ouvir gemendo mais alto e que o melhor seria dividir, mas que iríamos fazer fuder muito aquela noite. Eu então subi, fiz um lanche gostoso e fui a cidade comprar mais cerveja e 51 para fazer caipirinha, e quando eu voltei eles já tinham parado e já tinham tomado banho e já estava iniciando a noite, e eu então disse para eles que eu iria tomar banho e já voltava, claro que tomei aquele banho, deixei o cuzinho no ponto de receber boas rolas, passei creme pelo corpo e desci, estava usando apenas um short mais larguinho e com abertura ao lado e que subia até o elástico e assim aparecia a marca de sol, quando voltei o Sr Jorge estava só de sunga pois disse que como estava quente iria aproveitar para tomar banho de piscina, e já estavam bebendo, tinham preparado uma caipirinha para mim e o churrasco estava sendo preparado, e começamos a beber, comer churrasco e mandioca e Sr Jorge não para de apertar a mala e agora eu olhava descaradamente e Marcão se aproxima de mim e abaixa um pouco meu short e pergunta se eu estava usando calcinha, e eu finjo susto e digo que não e que ele estava vendo coisa, mas ele disse que tinha visto e que era para eu baixar o short e provar então, daí disse que não e ele então foi e baixou e mostrou toda a minha bunda, e deu um tapa e me perguntou: “você é vaidinho, quer mamar é”, eu mostrando estar envergonhado digo que não porém Marcão já tira o pau para fora e diz que eu posso mamar, pois eles tinham me visto tomar sol usando calcinha e que hoje os dois iriam me fazer de fêmea deles e já sinto Sr Jorge chegar e passar a mão na minha bunda, e era uma mão áspera, dedos grossos e foi um aperto bem firme, e ele diz no meu ouvido para eu relaxar que iriam só me dar prazer e gozar gostoso e eu então disse que tudo bem e ele pediu para eu chupa-lo e eu me abaixei sentando no colo do Marcão e mordendo o pau dele, já rijo, sob a sunga e já o sentia tremer de tesão e então eu tirei aquele mastro de macho comedor e tive uma deliciosa surpresa, pois era um lindo pau, reto, grosso porém macio e um saco grande pendurado e eu já imagina aquele saco batendo do meu quando ele tivesse no vai e vem no meu cuzinho e começo a chupar só a cabecinha, passar a língua e apertava suas bolas, e quanto eu meti todo aquele pau na boca esse homem urrava de tesão e dizia que agora iria me dar mamadeira todos os dias, e então tentei fazer o melhor para deixar aquele macho mais satisfeito ainda e o chupei gostoso enquanto rebolava na rola do Marcão sem introduzir, e então o pintor pede para ver meu cuzinho e eu então fico de 4 e começo a chupar o Marcão e sinto o pintor tentar entrar, eu então corro lá no quarto e pego o gel e ele então passa um pouco no meu cuzinho e sinto aquele liquido gelado e a cabeça da sua rola forçar a entrada e gemendo e chupando o pedreiro sinto o Sr Jorge já dentro e esperando eu me acostumar e começa então um vai e vem muito gostoso de alguém que realmente esta acostumado a meter e dar prazer, e devido o tesão nem me dei conta de que ele estava dentro sem camisinha e logo sinto ele me encher de sua porra e se jogar contra o meu corpo enquanto ainda mamo o Marcão que diz que agora irá também me comer, ele então deita-se no banco comprido pede para eu sentar no seu colo e cavalgar e eu já com o cuzinho cheio de leite sento do seu pau durão e chupo novamente o Sr Jorge e sinto novamente o Marcão me encher de leite após boas quicadas que dou no seu mastro, e Sr Jorge que já estava novamente com o pauzão em ponto de bala, me levanta e mete novamente em mim, agora em pé e diz que agora vai tirar todo o atraso e fica me socando enquanto Marcão bate uma para mim e chupa meus peitinhos, depois sr Joel me coloca na mesa de franquinho com minhas pernas sobre os seus ombros e me faz gemer até gozar e com isso apertar sua rola e como isso ele volta a encher meu cuzinho de leite que já transbordava de tanto leite de macho. E por tudo isso, nossa obra que iria levar uma semana, atrasou-se em 15 dias, pois sr Joel a toda hora queria meter e confidenciou-nos que todos os divórcios foram por essa sua sede de sexo, e que eu deveria ser a mulher dele, pois semelhante a ele eu não posso ver um pau duro que já o quero dentro. Nesses dias o sr Joel me comia umas 3 vezes ao dia, e dizia que nordestino era assim mesmo, Marcão as vezes eu só o mamava, outra ele estava ao lado assistindo TV enquanto eu cavalgava o seu amigo, ou então estava mesmo dormindo pois dizia que não conseguia nos acompanhar, e ele agora já dormia no quarto que antes era ocupado pelo Sr Joel que agora dormia na minha cama e me engatava e dizia que era para meu cuzinho ganhar a forma da sua rola, pois ele dizia que já estava viciado. Meu novo macho adorava mesmo quando eu tomava banho antes de dormir, passava creme pelo corpo e usava uma tanguinha e uma camisolinha, pois ele dizia que assim eu ficava a fêmea perfeita, pois não reclamava e estava sempre disposta a agradar o seu homem, e ele dizia que queria continuar mesmo quando voltássemos, e claro que eu aceitei, afinal ele era um touro, pois eu não podia roçar minha bunda na rola dele que já ficava dura, e como praticamente ficávamos nus depois da nossa primeira foda, ele só chegava e baixava seu calção do tipo de jogadores, metia no meu cuzinho, dava umas bombadas mas sem gozar e saia, depois chegava mais e repetia, e eu também não o podia ver parado que já engolia sua rola e as vezes dava umas quicadas, e Marcão só dizia que erámos duas putas, e que ainda bem que ele trouxe o amigo para apagar meu fogo. Porém como tudo que é bom dura pouco, os dois terminaram o serviço e tivemos de voltar, mas ficamos mais 2 dias após a conclusão da obra, só fudendo no riacho e voltamos, e na volta o Marcão veio dirigindo e eu vim cavalgando literalmente o meu novo amigo, que me deu leite duas vezes no cuzinho sem tirar, eira macho bom.... depois desses dias, por várias vezes voltei a chácara com o Sr Joel, e volta e meia ele chamava um amigo seu e que já ia ciente de que teria de comer uma putinha... ainda hoje tenho a felicidade de ser amigo do sr Joel, que nunca mais procurou mulher....

Votem, comentem... beijos

Foto 1 do Conto erotico: Dando para o pedreiro e o pintor

Foto 2 do Conto erotico: Dando para o pedreiro e o pintor

Foto 3 do Conto erotico: Dando para o pedreiro e o pintor

Foto 4 do Conto erotico: Dando para o pedreiro e o pintor

Foto 5 do Conto erotico: Dando para o pedreiro e o pintor


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario carlaioba

carlaioba Comentou em 03/01/2019

Que delícia de conto. Não tem mais nada sobre seu Jorge ou Joel, sei lá?

foto perfil usuario ksn57

ksn57 Comentou em 20/10/2018

Votado - Caramba, a toda a hora, não cansa ? Gostei, pena estarmos longe...

foto perfil usuario hedonista67

hedonista67 Comentou em 07/09/2018

Nossa, você é bem safadinha !!!

foto perfil usuario kaikecamargo3

kaikecamargo3 Comentou em 27/08/2018

Assim é gostoso mesmo!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


110080 - DANDO NO CINEMA E NAMORADO ASSISTINDO - Categoria: Gays - Votos: 8
110117 - DANDO PARA O PRIMO - Categoria: Gays - Votos: 10
111343 - DANDO DE CALCINHA PARA O EX-COLEGA DE TRABALHO - Categoria: Gays - Votos: 30
113354 - Dando para 2 porteiros - Categoria: Gays - Votos: 18
113815 - continuação....DANDO DE CALCINHA PARA O EX-COLEGA DE TRABALHO. - Categoria: Gays - Votos: 4
114602 - DANDO PARA O VIZINHO NEGÃO - Categoria: Gays - Votos: 20
114731 - DANDO PARA O COLEGA HOMOFOBICO - Categoria: Gays - Votos: 47
114781 - DANDO PARA 2 PRIMOS - Categoria: Gays - Votos: 9
114871 - DANDO PARA 2 COROAS - Categoria: Gays - Votos: 20
115070 - CHUPANDO O AMIGO DO MEU SOBRINHO - Categoria: Gays - Votos: 24
124173 - DANDO PARA 03 HAITIANOS - o início - Categoria: Gays - Votos: 39
124558 - FINALMENTE OS 3 HAITIANOS ME COMERAM - Categoria: Gays - Votos: 20
124976 - DANDO PARA O FRENTISTA - Categoria: Gays - Votos: 24
125113 - EXPERIMENTANDO A LINGUIÇA DO AÇOUGUEIRO - Categoria: Gays - Votos: 24
127119 - Rebolando na rola do meu tio torto - Categoria: Gays - Votos: 13
127252 - Enrabado pelo mestre de obras. - Categoria: Gays - Votos: 22
127362 - Mamando meu vizinho pauzudo - Categoria: Gays - Votos: 7
127883 - DANDO PARA O AFRICANO - Categoria: Gays - Votos: 40
128033 - Chupando a mangueira do flanelinha - Categoria: Gays - Votos: 29
128244 - O namorado da minha prima curte cu - Categoria: Gays - Votos: 30
128350 - Um rapidinha com um desconhecido - Categoria: Gays - Votos: 12
128421 - DANDO PARA O TRAFICANTE - Categoria: Gays - Votos: 34
130887 - MEU TIO VIU O CASEIRO ME COMENDO - Categoria: Gays - Votos: 41
131153 - MAMEI O UBER PAUZUDO - Categoria: Gays - Votos: 10
131929 - SAI COM CASAL E O MARIDO ME COMEU - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 20
132679 - O negão pediu carona e depois meu cu - Categoria: Gays - Votos: 35
135895 - O moto taxista me comeu - Categoria: Gays - Votos: 20
137250 - DOIS SEGURANÇAS ME COMERAM - Categoria: Gays - Votos: 50
138261 - DESCONHECIDO METEU A VARA EM MIM - Categoria: Gays - Votos: 18

Ficha do conto

Foto Perfil passivogoiania
passivogoiania

Nome do conto:
Dando para o pedreiro e o pintor

Codigo do conto:
124675

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
27/08/2018

Quant.de Votos:
18

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


@malandrosnudesContos eroticos com coroasdei a buceta pra um coroa pintudo contos eroticominha filha incestoconto meteu sem penacomi o cabacinho de uma japinha de dezesseis anos contos eróticosultimos contos sadocontos fodendo a profesoraquadrinhopornotraicaoConto ui ui ui mete tiocontos eroticos homo lesbicos com heterosconto erotico esposa so de calcinhaporn esposa cavalonacontos eriticos putinha da academiaconto abusei da minha sobrinhao vizinho comedor contoconto erotico pedro e nandacontos de sexo com o entregador de gasconto casada adestrando cornocontos eróticoscomendo a bunda de papaifodendo a velha mozmeu amigo arrombou meu cu contoswww.primacontoerotico.com.brnissei sexo em londrina prgatas de chotinho fudenoCT ertico Contos eroticos Transa de reconsiliação forçadaincesto professor fode duas alunas em mozconto erotico sacanagemporno gay quadrinho mozto ruconto eroticoevangelica escravacontocasadasafadinhacontos muito erótico de uma mulher solitáriaconto erotico gay vendendo meu namoradohomem deu o cu conto eroticoConto erotico caseirotransei com a minha maeconto de incesto de pastor estrupado de 2017fiumi porno adoro ver acaucinha da minha irma no varauconto erotico amiga de trabalhocomtos eroticos fui rouba e fudi a dona da casaconto erotico de cornoMãe tem fansia de fazer boquete no filhomenina bundao sentou no colo conto eroticocolocontos amor entre mãe e filhocontos erotico gratis, casadinha indo no ginecologista com marido junto contoschantagem comi a minha irma vidios eroticos de tias sendo sedusidas e fudidasconto erotico familia na praiaconto sendo estrupsda pelo travesticontos pornor gey currada de garotoscontos eróticos de meninas novinhas obrigadas a se prostituir para homens velhosconto erotico filha e sobrinhacontos eroticos icesto de estrupocontos corno leva blac cocks monster pra casaContos eroticos quando depilo meus filhos me assistemconto erotico meu irmao meu machocewe sd memekfilho meti da mamae dormindo fingidoContoerotico filinhas netinhas sobrinhas teencontos eronicos d pesoas q foderam cm animascontos eróticos aposta gay e casadoContodeputacontos eroticos em quadrinhos estestocontos eróticos ilustrados de virgensConto erotico gay velho maduroporno veronica bella e seu titio carlaoguadinho entiada erótico cotocontos gay casado cuesfoladocontos eróticos minha esposa decidiu me contar como me traiu gozei muitofotos elite travesti dotadascontos eróticos gay comie o cu do garotinho chatoquadrinho eroticos engravidando a irmadeixei ele me comer contos eroticosContos de vizinhacarente a foder com vizinho putocontoseroticospossuidaconto esposa nua no hotel banhoconto erotico comendo coroa casadacontos eróticos rabão de dona Rosacontos eroticos de melar a bucetacontos eroticos trai meu marido em casa com dois negoescontos gay calcinha irma inversaocontos erotico coloquei uma calcinha a minha esposa pra me pinhetar e ela me pegouconto erotico no dia seguinte eduardo veio me buscar pela manhasexo contos eroticos minha esposa me traiucontos eroticos imagensvinte e dois anos gostosa peitinho pequeno bucetinha lisinha contos eroticoscontos eróticoscomendo a bunda de papaiMinha mulher e da pro vizinho roludo cu e buceta Roludoo 23 cm contos eroticostrai meu marido por.dinheiro contoconto esposa nua na saunaminha esposa tem sempre tesao sou cirnocontos de sogra gravida transando