Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte III



Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte III

Minha esposa chegou do nada deixando agente até sem palavras, naum sei explicar oq senti naquela hora, fiquei pensando..
"Caramba se ela chegasse 20 minutos mais cedo tinha dado merda.."
- Oi meu amor.. Oi irmã.. Que caras são essas, parecem q viram um fantasma.!?
- Nossa amor, da próxima faça pelo menos um barulho, tava esperando vc ligar, pra eu ir te buscar..
- Peguei carona com os vizinhos amor, eles estavam lá.. Vou tomar um banho e já volto..
Ela subiu, eu e mminha cunhada ficamos olhando um para o outro ainda perplexo, mais o pior era ver a carinha de safada da minha cunhada, pra provocar ela ainda disse..
- Já pensou ela me pega com a boca cheia de porra.?!
- Tá maluca.!? Nem fala uma coisa dessa..
Minha mulher desceu do banho toda cheirosa, com um shortinho micro mostrando parte do bumbum, eu logo comecei ficar excitado, ela sentou do meu lado e começou falar como foi o chá de bebê, levantei e peguei uma cerveja pra gente, mas naum demorou, Marisa disse q iria deitar nos deixando só, peguei a mão da minha putinha linda e coloquei sobre meu pau..
- Oq é isso amor.!? Pq ele tá assim.!?
- Pq vc tá toda gostosa e cheirosa do meu lado, só por isso..
- Nossa amor.. Que delicia.. Amor pksso confessar uma coisa.!?
- Fala amor..
- Hj quando vim do trabalho, eu tava com uma vontade de pagar um boquete pra vc, mas fuiquei com medo de vc naum querer..
- Ué amor.. pq eu naum iria querer.!?
- Sei lá amor..
- Então faz agora..
Já falei colocando o pau pra fora, ela assustada, falou pra eu parar, pois minha cunhada poderia voltar a qualquer instante, eu naum quis nem saber..
- Vem, quero q me chupe agora..
- Amor... Para..
- Vem sua puta.. Quero um boquete agora..
Ela me olhou meia assustada, mas começou chupar, beijar, dar pequena mosdidas, as vezes olhava em direção a porta com medo de sua irmã voltar, nossa ela chupava de um jeito q poucas vezes me chupou, sua lingua percorria meu pau inteiro, e me olhava com cara de puta, batendo com meu pau na cara..
- Tira esse short, vem sentar no pau do seu marido..
- Naum amor.. Minha irmã pode voltar..
- Tira esse short, eu quero fuder minha mulher..
- Pq vc tá falando assim comigo amor.!?
Segurei ela pelo cabelo e empurrei contra meu pau contra sua garganta, via lágrimas escorrer nos seus olhos, ela perguntando q tesão era aquele, tirei aquele shortinho numa certa brutalidade, apoiando ela quatro no sofá, sua bucetinha estava encharcada, encostei meu pau todo babado e empurrei uma se só vez, ela deu um grito mordeu o sofá..
- Aiiiii amor.. Fdp minha irmã caralhooooo..
Antes de ela falar mais qualquer coisa eu eu comecei socar com força, ela gemendo, enquato meus ovos batiam forte seu grelo, comecei enfiar o dedo no seu cuzinho, ela já começava anunciar q teria seu primeiro orgasmos, meu tesão era tanto q tbm gozei junto com ela, ficamos ali ofegantes, eu travado na minha putinha, igual um cão na cadela..
- Nossa oq deu em vc.!? Me tratou igual uma puta..
- E vc gostou safada..
- Gostei mesmo, vc quase arrancou me útero naquela primeira empurrada..
Tirei meu pau da bucetinha dela e junto veio minha porra todinha, nem imaginava q tinha gozado tanto daquele jeito, ela foi pro banheiro se limpar e volto dizendo q ia deitar, q tinha ficado cansada, eu fiquei na sala vendo filme e tomando cerveja..
Cerca de uns 40 minutos depois, aparece minha cunhada..
- Caralhoooo vc acabou com a minha irmã heim cunhado.. Passei lá no quarto ela tá apagada, chamei ela e nada.. Cuitado do vizinho de vcs..
- Ué pensei q estava dormindo..
- Como dorme com minha irmã gemendo daquele jeito.!? Sem contar o barulho das suas bolas ecoando.. Posso te mostrar uma coisa cunhado.!?
- Pode, oq é.!?
Ela sentou no outro sofá e ficou de frente comigo, colocou um pé sobre o sofá e colocou o shortinho pro lado, caramba, eu fiquei de boca aberta, sua buceta estava inchada, simplesmente enorme, toda melada, ela passou o dedo, e o líquido esticou.. Naum sei nem explicar aquilo..
- Cunhada para com isso, sua irmã pode voltar..
- Vc sabe q ela dorme feito pedra, ainda mais com a surra de rola q vc deu..
- Pq sua bucetinha está assim.!?
- Naum sei cunhado, fica assim toda vez q fico excitada, eu gozei só ouvindo vcs.. Eu tô com tanta vontade de dá minha buceta, vc naum tem ideia cunhado..
De repente ouvimos minha esposa..
- Amor tá falando com quem.!?
- Com a Marisa amor..
- Ué, vc voltou pra sala, pq.!?
- Tava sem sono irmã, ae desci, ae me deparei com meu cunhado..
- Entendi, amor vc naum vai subir.!?
- Já tava indo amor..
- Vc tbm mocinha..
Todos subimos, e fomos dormir, acordei no domingo era pouco mais das 10:00, na cômoda tinha um bilhete da minha mulher dizendo q tinha ido a igreja, q antes de meio dia estava em casa, levantei e fui tomar um banho, mas ao passar pela porta do quarto, pude ouvir uns gemidinhos baixinhos, olhei pelo vão da porta e minha cunhada estava se masturbando com um pepino, naum acreditei na hora, mas ela estava ali praticamente na minha frente, q cena intrigante, ela gemia baixinho e as vezes falava pra comer ela, foi ae q pude perceber q ela realmente estava mesmo com muita vontade de dá aquela bucetinha inchada.. Meu pau já tava igual pedra, fiquei ali olhando até ela ouvir ela dizer q ia gozar, ela enfiava aquele pipeno naum muito grosso na bucetinha e deixava ele sair sozinho, ela estava tão êxtase, q nem me notava ali.. Foi então q ela deu um suspiro e ficou respirando fundo..
Eu corri pro banheiro, pois naum queria q elame visse ali, abri o choveiro e entrei na água gelada pra poder da uma acalmada, mas foi justamente nesse momento q ela bateu na porta..
- Irmã é vc q tá ae.!?
- Naum Marisa, sou eu.. Sua irmã saiu, ela foi a igreja..
- Ata cunhado.. Que bom q estamos só nós dois..
Ela foi abrindo a porta e entrando, estava enrolada na toalha, veio entrando pro boxe, pedi q naum fizesse isso, pois sua irmã chegaria antes do almoço, ela parecia naum se importar, segurou meu pau e começou alisar..
- seu pau é tão bonito cunhado, grande, grosso, fique sabendo q adorei pagar aquele boquete pra vc, e se vc deixar, eu pago outro agora..
- Marisa sua irmã pode está chegando..
- Eu sei, eu vou sair, mas faz uma coisa antes de eu sair, encosta ele na minha buceta, por favor..
Mesmo eu tbm querendo, eu disse naum, mas ela pediu novamente com uma voz manhosa, eu pedi pra ela empinar o bumbum, e encostei a cabeça do meu pau na sua buceta, pude sentir o calor daquela xotinha, dei uma forçadinha e a cabeça naum entrava de tão apertada, ela forçou o corpo pra traz e eu senti a cabeça entrar com dificuldade, ela deu um gemido, e exclamou..
- Aiii cunhado.. Naum sei se vc acredita, mas tô gozando no seu pau.. Caralhooooo q delicia.. Come minha bucetinha por favor.. Eu tô implorando..
- Naum podemos fazer isso Marisa, sua irmã já deve esta chegando, melhor vc sair..
- Eu sei cunhado.. Mas já está claro q eu quero sentir seu pau, naum faria isso se meu marido tivesse me dando atenção, mas ue quero muito me sentir mulher.. Faz amor comigo, eu prometo q ninguém jamais saberá, eu faço oq vc quiser, a hora q vc quiser.. Eu fico em divida com vc pelo resto da vida.. Mas mata meu desejo..
- Ok Marisa, mas vamos conversar depois, a Maiara pode chegar à qualquer instante..
Ela saiu do banheiro e eu fiquei ali com a cabeça cheia de coisas e o pau duro.. Caramba q loucura era aquela, sempre achei ela gostosa e tal, mas nunca q ela era tão safada assim, de fato ela parecia está no cio, enquanto minha mulher é mais tranquila, ela é toda putinha, e o marido dela naum chegava junto, terminei meu banho, e quando sai do banheiro ela estava chorando sentada na cama.. Assim q me viu, ela pediu mil desculpas estava se sentindo mal, deixando seu desejo falar mais alto, explicou novamente q estava com vontade pq seu marido naum a tocava mais de seis meses..
- Mandei mensagem pra minha esposa e perguntei se ela já estava à caminho, ela respondeu q demoraria um pouco, pois teria uma reunião de conselho.. Então pensei..
" Vou matar o desejo da minha cunhada e com certeza o meu tbm.."
Passei desodorante, perfume e voltei até o quarto enrolado na toalha, parei em frente a ela e disse..
- Chupa meu pau cunhada, vem, eu sempre quis isso mesmo, chupa bem gostoso, engole ele inteiro..
Mostra a putinha q vc é, vou fazer com vc tudo q aquele corno do seu marido naum faz..
Ela me olhou ainda meio sem entender, mas tirou a toalha da minha cintura e começou alisar meu pau, passando a lingua, colocando ele inteiro na boca, deixando minha rola toda babado..
Comecei a falar tudo q sempre quis falar pra ela..
- Isso.. Chupa safada.. Chupa meu pau sua putinha.. Sempre quis te comer, desde q te conheci, sempre olhava vc na praia, com aquele biquine fio dental.. Agora vc vai ser minha, minha puta.. Vou te foder gostoso cunhadinha safada.. Agora tira esse short e abre a perna..
Eu mesmo comecei tirar seu short, e logo me deparei com aquela bucetinha inchada toda molhada, fui chegando mais perto, até q toquei sua bucetinha com a lingua, ela se tremeu inteira, gemendo alto, segurando minha cabeça, comecei chupar com mais vontade, ela gemia dizendo q ia gozar.. Ela comecou tremer e se contorcer gemendo mais alto..
- Aiii eu tô gozando... Eu tô gozando cunhado... Obg cunhado.. Obg.. Aii minha buceta tá latejando, posso sentir.. Aiii caralho..
Meu tesão tbm estava no máximo, encostei meu pau na sua buceta e empurrei meu pau devagar, abrindo aquela bucetinha apertada, invadindo por inteira..
Mas nessa hora escutei a voz da Maiara falando com a vizinha..
Pqp q correria, voltei pro banheiro, e minha cunhada se enrolou na coberta e fingiu dormir..
Logo minha mulher bateu na porta no banheiro..
- Amor, cheguei..
- Oi Amor, já vou sair preta..
- Tá bom amor..
Sai do banheiro e as duas estavam conversando no quarto, descemos todos e passamos o domingo conversando, rindo, bebemos, a ponto de as duas exagerarem um pouco principalmente Marisa..
Coloquei as duas na cama rindo atoa.. Tomei um banho e tbm fui deitar..

Foto 1 do Conto erotico: Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte III

Foto 2 do Conto erotico: Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte III

Foto 3 do Conto erotico: Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte III

Foto 4 do Conto erotico: Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte III


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario aventura.ctba

aventura.ctba Comentou em 11/08/2017

Simplesmente amei seu conto, teve meu voto. Adoraria sua visita na minha página, bjs. Ângela: Casal aventura.ctba




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


101357 - A ninfetinha da pensão. - Categoria: Virgens - Votos: 34
101388 - Minha putinha gozando no pau de outro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 23
101420 - A Ninfetinha da Pensão - Parte II - Categoria: Virgens - Votos: 22
101428 - Minha putinha gozando no pau de outro... Parte II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
101482 - A Gordinha gostosa do ponto de Onibus - Categoria: Heterosexual - Votos: 26
101601 - A Gordinha gostosa do ponto de ônibus - Parte II - Categoria: Heterosexual - Votos: 21
101876 - Filhas gostosas, mãe mais gostosa ainda - Parte I - Categoria: Heterosexual - Votos: 22
102118 - Com o cuzinho cheio de Porra. - Categoria: Travesti - Votos: 18
102232 - Com o cuzinho cheio de Porra - Porra II - Categoria: Travesti - Votos: 20
102252 - Filhas gostosas, mãe mais gostosa ainda - Parte II - Categoria: Heterosexual - Votos: 18
102356 - Luana - Se descobrindo uma verdadeira putinha - Parte I - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
102961 - O novinho do banheiro da Faculdade.. Parte I - Categoria: Gays - Votos: 8
102995 - Com o cuzinho cheio de Porra.. Parte III - Categoria: Travesti - Votos: 14
103009 - LUANA- Se descobrindo uma verdadeira putinha. - Parte II - Categoria: Heterosexual - Votos: 18
103101 - Filhas gostosas, mãe mais gostosa ainda.. Parte III - Categoria: Coroas - Votos: 17
104360 - Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte I - Categoria: Traição/Corno - Votos: 37
104379 - Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 33
104487 - Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte IV - Categoria: Traição/Corno - Votos: 27
104553 - Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte V - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
104554 - A Gordinha gostosa do ponto de ônibus., Parte III - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
108463 - O dia em que minha Sogra chorou no meu pau... Parte I - Categoria: Coroas - Votos: 19
108465 - A Gordinha gostosa do ponto de ônibus.. Parte IV - Categoria: Coroas - Votos: 7
108473 - O dia em que minha Sogra chorou no meu pau... Parte II - Categoria: Coroas - Votos: 20
108503 - O dia em que minha Sogra chorou no meu pau... Parte III - Categoria: Coroas - Votos: 16
108509 - O dia em que minha Sogra chorou no meu pau... Parte IV - Categoria: Coroas - Votos: 15
108540 - O dia em que minha Sogra chorou no meu pau.. Parte V - Categoria: Coroas - Votos: 14
108845 - O dia q minha Sogra chorou no meu pau.. Parte VI - Categoria: Coroas - Votos: 23
110034 - No banheiro da Faculdade... Parte II - Categoria: Gays - Votos: 7
110035 - Gozei com a lingua da Keyla atolada no meu cuzinho... Parte I - Categoria: Fetiches - Votos: 9
110036 - Gozei com a lingua da Keyla atolada no meu cuzinho... Parte II. - Categoria: Fetiches - Votos: 12
115875 - Putaria entre amigos... Sem querer querendo também dei o cuzinho... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 26
116158 - Putaria entre amigos... Sem querer querendo também dei o cuzinho... Parte II - Categoria: Heterosexual - Votos: 22
116182 - Putaria entre amigos... Sem querer querendo também dei o cuzinho... Parte III - Categoria: Gays - Votos: 16
134600 - A magrinha do bar dando o cuzinho com vontade.. Parte I - Categoria: Heterosexual - Votos: 24
134664 - A magrinha do bar dando o cuzinho com vontade.. Parte II - Categoria: Heterosexual - Votos: 18
134745 - A magrinha do bar dando o cuzinho com vontade.. Parte III - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
134800 - A magrinha do bar dando o cuzinho com vontade.. Parte IV - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
134909 - Novinha safada... Vendendo rifa pra escola acabou entrando na rola... Parte I - Categoria: Heterosexual - Votos: 38
134971 - Novinha safada, vendendo rifa pra escola, acabou entrando na rola... Parte II - Categoria: Heterosexual - Votos: 34
135033 - Novinha safada, vendendo rifa pra escola, acabou entrando na rola... Parte III - Categoria: Heterosexual - Votos: 28
135058 - Novinha safada, vendendo rifa pra escola, acabou entrando na rola... Parte IV - Categoria: Heterosexual - Votos: 35
135188 - Novinha safada, vendendo rifa pra escola, acabou entrando na rola... Parte V - Categoria: Lésbicas - Votos: 20
135225 - Novinha safada, vendendo rifa pra escola, acabou entrando na rola... Parte VI - Categoria: Heterosexual - Votos: 31
135313 - Novinha safada, vendendo rifa pra escola, acabou entrando na rola... Parte VII - Categoria: Heterosexual - Votos: 31
136039 - Novinha safada, vendendo rifa pra escola, acabou entrando na rola... Parte VIII - Categoria: Heterosexual - Votos: 25
137538 - Novinha safada, vendendo rifa pra escola, acabou entrando na rola... Parte IX - Categoria: Heterosexual - Votos: 20
138427 - Vizinha carente ganhou porra quente.... - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20

Ficha do conto

Foto Perfil 18061986
18061986

Nome do conto:
Minha cunhada grávida.. Bucetinha inchada com vontade dá.. Parte III

Codigo do conto:
104402

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
08/08/2017

Quant.de Votos:
25

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos viagem com mamãe hotel na beira da estradanudista com a buceta saindo gozofudi com minha nae enquanto ela dormia cintos eriticos incestiscontos eróticos meu primo comeu minha b***** no carronovinha viu umpau muito grandepai metefoto meninas virgem peladinhacontos de filhos espiando a maedando o cucontos eróticosmeninas pequenasconto erotico com foto isso que e gosta de ser cornoconto erotico de esposa de amigo ciumentocontoseroticos ilustrados de gravidascontos / traindo o marido com o vizinho negao parte finalviagem de trabalho conto eroticoFoto contos eroticos tia dando próprio sobrinhocontos eroticos gay putinhacontos o buraco no banheiro glore minha filha pornôporno contos eroticos filhaconto eroricos comi o filho do vizinho novinhoconto erotico sala de aulaconto erotico trepei e paguei o debitocontos eróticos brechei meu filho na madrugadae ele me fodeofedor contos erotico gaycontos erotico gay aniversáriotransei com minha titiaver conto erotico sob chofer pirocudoContos e fotos de transando com vizinhas dona dalvaconto erotico mãe rabudaconto gay na pousada da praiaConto erotico arrombei o cu do meu enteadocontos casada de mini saia provocando o vendedor na loja ver mulhres gozado muito nimpauContos eroticos fui fudida por doiscontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhacontos gozando com tio desde pequena no incestoconto erotico minha professora e travesticontos porno de seducao de tiaContos gay com espadachimGordas goloza porolacontos erotico de injeçãoConto dei pro papai e mamaeconto erotico maninho ciumeconto erotico no dia seguinte eduardo veio me buscar pela manhacaiu+na+netConto erotico meu a mae no restaurantexvideos corno chupado fltcontos exitantes meu amigo garanhão comeu meu cabacinhoprimos no mato contocontos eroticos casadinha e o inquilino viuvocontos o negao roludo fudeu a mulher do cara chato e siumentoduas traveti negra batendo ponhetacomercuegostosowww.contos eroticos minha esposa e professora flagrei ela metendo com aluno bem dotado.com.brme apaixonei pelo um bandido ele e muito gostoso conto herticofamilia sacana milftoon familia é assim parte3conto gay papai e vovôconto erotico vi papai no banhoconto erotico cunhada doente mentalConto quando eu era pequena o meu brinquedo era o pau grande e grosso de papaiconto erotico... Tia e sobrinho menorconto erotico cantada do segurancaTiazinha Popozudamostrar o peito + conto eroticobuceta da mae arreganhada tive que fodecontos travesti dividindo um apê em toronto canadacontos veridico mulher casada ,mas nao resistiu ao travesti bem dotadocontos orgasmo na clinicacontos erótico coroa da feira enrabou menino novinho gaycontos de estrupo. com lixeiro vestindo de mulher para virar mulherzinha contocamioneiro e carreteiro travestiscontos eroticos chantageada pelo cunhadoLapis na buceta contoGATA KERENDO FODER RAPIDOContos eroticos gay ex presidiárioconto erotico moca do suco de laranja